13
Jul 17

Microsoft release Windows 10 Fall Creators Update Build 16241 for PC & Build 15230 for Mobile

From Ian Dixon’s Blog July 13, 2017 at 07:56PM

Click here to visit original post!

In preparation for this week’s bug bash Microsoft have released a new PC and mobile build. For the PC there s 16241 and for mobile there is 15230, the mobile build doesn’t have any major changes (when did it last?) but the PC build does have some nice changes.

Microsoft have tweaked the acrylic transparency look by reducing the noise layer, as you can see from the picture above it’s a subtle but effect change,

Refining Acrylic Material: We’ve heard your feedback, and in response in today’s build you’ll notice we’ve softened the noise layer of Acrylic Material. Below you’ll find a side by side comparison of how it was and how it is now. This will take effect in any XAML based UI and apps where Acrylic Material can be seen which targets Build 16241+.

In this build is a PIN / Password reset from the lock screen feature which I am pretty sure this was in the previous build but Microsoft are announcing as a new with this release. If you have a Microsoft account or Azure AD Premium account you can reset your password from the lock screen.

Other changes are:

Improved Task Manager GPU monitor and improved process monitor

You now have more control downloads and updates:

Delivery Optimization continuously measures your available bandwidth during a download and dynamically adjusts the amount of bandwidth used in background downloads to ensure these downloads won’t interrupt your use of your device. However, Delivery Optimization may not be aware of download activity that takes place on other devices in your household. If you have limited connectivity and would like to minimize the impact you can now use the Download settings to throttle your download speed for background downloads

Here are the known issues and other fixes, lookout for my hands on video soon:

General changes, improvements, and fixes for PC

The Pin to Taskbar option is now grayed out for InPrivate sessions in Microsoft Edge. Websites pinned to the taskbar from an InPrivate session on a previous build will now open in a regular (non-InPrivate) Microsoft Edge session.

We fixed an issue where Windows Defender Security Center showing an ‘Unexpected’ state depending on the implementation of the 3rd party firewall product.

We fixed an issue where the battery status on certain laptops wasn’t updating while the device is unplugged. Thanks everyone who shared logs to help narrow this down.

We fixed an issue from the last flight where apps that called into the firewall, such as Microsoft Edge and other apps using networking, might become unresponsive until you rebooted.

We fixed an issue from the last flight resulting in the Surface Dial UI not appearing.

We fixed an issue when in Recovery Settings if you chose “Reset This PC” > “Keep My files” the operation would fail at 1% and will revert with no changes to the system.

We fixed an issue resulting in an increase in UWP app reliability issues, for example in Microsoft Edge and Photos, in recent flights.

If you were still seeing Storage Spaces issues in 16237, please try again in 16241 and let us know if the issues have been resolved. We’ve made an adjustment to our previous fix.

We fixed an issue resulting in Windows Media Player displaying a class registered error when attempting to play music files in recent flights.

We fixed an issue where the touch keyboard wasn’t automatically displaying upper case keys at the beginning of sentences.

We fixed an issue where Storage Settings might show the size of C: as double the actual size.

Known issues for PC

IMAP email accounts such as Gmail, Yahoo, and Aol may not sync in the Mail app in this build.

Trying to use the dictation hotkey (WIN + H) in UWP apps won’t work – you’ll see the UI come up and immediately dismiss. If you’d still like to use dictation, the microphone in the touch keyboard will work. You can right-click the Taskbar for an option to show the touch keyboard button if it’s not already visible.

We’re investigating your reports that the Copy Link option displayed in Microsoft Edge when you right-click a hyperlink isn’t working in recent builds.

There is an issue with PC Games using the Origin overlay. Use of overlay may cause game movement to lock up.

We’re investigating your reports that after upgrading to the latest Insider Preview builds, some network settings are lost and revert to default settings. Static IP address configuration is reverted to DHCP. Networks which were marked as private are reverted to public. After the upgrade you will need to manually readjust your network settings back to your preferred settings.

If you have display scaling higher than 100%, you may encounter a bug where the hit targeting is offset when interacting with various parts of the shell. This is particularly noticeable in Action Center, where it might appear that nothing in Action Center can be cleared, but can also happen with the taskbar Jump lists and My People. If this happens, go to Settings > System > Display and change the size of text, apps, and other items to something else. Once you’ve done that, put it back to how you like it and issue should be resolved.

Some apps like Tweetium may not render the UI correctly and be difficult to use.

Windows Defender Security Center cannot be used to configure and list items for Controlled folder access, Threat History and Exclusions due to a crash in the UI. This is not affecting the real-time protection capabilities and will be fixed in the next build.

For mobile there are just the following changes:

General changes, improvements, and fixes for Mobile

We fixed an issue where VPN profile appeared to be always ON.

We fixed a notification issue between the Bluetooth Support Service and device background services for fitness bands.

We fixed issues with Caller ID matching in Japan & Denmark.

Via

The post Microsoft release Windows 10 Fall Creators Update Build 16241 for PC & Build 15230 for Mobile appeared first on The Digital Lifestyle.com.


08
Jul 17

TV Hisense NU8700 com HDR e ULED chega a Portugal

From Aberto até de Madrugada July 6, 2017 at 08:46AM

Click here to visit original post!

A Hisense é uma marca que associamos a produtos com preço mais reduzido, mas a marca acaba de fazer chegar ao nosso país os seus televisores com tecnologia ULED que prometem uma qualidade equivalente aos modelos de outras marcas que custam o dobro, ou mais.

O televisor Hisense NU8700 com tecnologia ULED chega ao nosso país em duas versões, de 55" e 65". Como seria de esperar para um televisor moderno, estes Hisense têm resolução 4K, recorrem a Quantum Dots para gama de cores alargada, e também não falta suporte para HDR, com brilho que pode chegar aos 1000 nit. Mas, a parte mais interessante é mesmo a tecnologia ULED.

O sistema ULED da Hisense consiste basicamente naquilo que há muito esperamos para ver nos LCDs, mas que normalmente só estava disponível nos modelos topo de gama bastante mais dispendiosos: o local dimming!

Ou seja, em vez do televisor apenas poder ajustar a luminosidade do ecrã de forma global, conta com mais de uma centena de zonas com controlo de brilho independente, permitindo ajustar a luminosidade em cada zona em função do conteúdo a apresentar. Por exemplo, se tivermos a imagem de um céu completamente escuro apenas com a lua iluminada, apenas a zona da lua irá "acender", deixando o resto do ecrã completamente escuro. (No entanto, dada a reduzida espessura deste modelo, suspeito que apenas esteja a criar zonas com base nos LEDs colocados lateralmente, e não directamente uma matriz colocada atrás do painel LCD.)

… De certa forma, acaba por ser uma tentativa de aproximar os televisores LCD dos OLED… mas que não deixa de ser interessante (até que os OLED baixem para preços mais reduzidos).

A TV Hisense NU8700 já está à venda em Portugal com preço recomendado de 1999 euros para a versão de 65" e 1299 euros para a de 55".


24
Jun 17

Google vai deixar de espiar emails do Gmail para efeitos publicitários

From Aberto até de Madrugada June 24, 2017 at 09:33PM

Click here to visit original post!

A Google parece ter ficado farta de ser acusada de espiar o email dos utilizadores, e anuncia que irá deixar de o fazer para efeitos de publicidade direccionada.

As acusações de concorrentes como a Apple, que não perdem uma oportunidade para mandar indirectas à Google de como violam a privacidade dos seus utilizadores espiando os seus emails para lhes apresentar publicidade, parecem finalmente ter dado resultado. A Google anunciou que irá deixar de analisar os emails no Gmail para apresentar publicidade.

Esta análise já não era feita para os clientes com contas empresariais, mas a Google achou que não se justificava manter o sistema nas contas gratuitas pessoas do Gmail, e que continuariam a perpetuar a imagem e ideia de que a Google espiava os emails, podendo levantar suspeitas a potenciais clientes empresariais que não ficariam agradados com essa ideia.

É uma medida positiva (a Google já sabe demasiado sobre nós, e não precisa de ler os nossos emails para isso), no entanto há que relembrar que a Google continuará a fazer a análise dos emails para outros fins que não os da apresentação de publicidade. Por exemplo, essa análise é essencial para que nos possa dar sugestões sobre datas de viagens ou reuniões que tenham sido referidas em emails, ou para fazer o tracking do processo de transporte de produtos que se compraram, e muitas outras coisas que a maioria dos utilizadores gostará de continuar a desfrutar.

E mesmo sem utilizar esta informação para efeitos de publicidade, isso não quer dizer que não continue a apresentar publicidade no Gmail, usando os outros indicadores dos nossos interesses, como sites que visitamos, anúncios em que clicamos, etc. etc.


02
Jun 17

Valve decides on Steam Direct fee and it’s good news for indie devs

From Neowin.net June 2, 2017 at 03:43PM

Click here to visit original post!

Valve has announced that its Steam Direct service will require developers to pay a $100 recoupable fee. The news will be good for indie developers who don’t have a lot of cash to spend. Read more…


02
Jun 17

Hacker denuncia impacto do Denuvo nos jogos

From Aberto até de Madrugada June 2, 2017 at 02:31PM

Click here to visit original post!

No passado já vimos casos de como o DRM pode ter um impacto significativo na utilização do produto (lembram-se dos CDs da Sony com "malware"?) e agora a história repete-se com o DRM da Denuvo a afectar negativamente os jogos em que é instalado.

Nos últimos dias assistimos a um curioso desafio, em que os criadores do jogo Rime se comprometeram a remover o DRM do seu jogo caso os hackers conseguissem ultrapassar o sistema de protecção Denuvo. A resposta não tardou, com o jogo a ser crackado em poucos dias, e fazendo com que os criadores do jogo removessem o DRM como prometido, para mais um caso que mancha (ainda mais) a já debilitada reputação do Denuvo, que depois de ter passado uns meses como "incrackável", tem sido ultrapassado repetidamente sem dificuldade.

O hacker/cracker que quebrou a protecção do mais recente Denuvo v4+, não só o fez em poucos dias, como veio revelar publicamente alguns detalhes quanto ao péssimo serviço feito por esta protecção. Se nos jogos anteriores o sistema se limitava a fazer algumas centenas de verificações anti-pirataria, e mais algumas verificações ocasionais enquanto se joga a cada poucos minutos; no Rime a implementação parece demonstrar um total estado de pânico, com o Denuvo a fazer mais de 300 mil verificações; e mesmo durante o jogo a fazer 10-30 verificações por segundo! Mas calma, que ainda é pior… o número de verificações feitas vai aumentando progressivamente com o tempo de jogo, e ao final de 30 minutos já estamos a falar de mais de 2 milhões de verificações.

Normalmente, os criadores dos jogos acusam os hackers e os seus cracks de terem um impacto negativo na estabilidade do jogo. Neste caso, penso que se pode dizer que este hacker fez um serviço público ao "limpar" tal coisa deste jogo.

Felizmente neste caso os criadores do jogo cumpriram com o prometido e removeram o DRM do jogo; mas não será difícil imaginar o cenário mais comum, dos jogos que mantêm o DRM mesmo depois de serem crackados, e que acabam por penalizar apenas os jogadores que compraram legalmente o jogo e têm que suportar todas as exigências acrescidas do DRM… ao chegar ao ridículo de terem que recorrer a versões pirateadas dos jogos que compraram, para poderem desfrutar deles devidamente.


28
May 17

O melhor upgrade para um computador? Uma Drive SSD

From Peopleware May 22, 2017 at 06:48AM

Click here to visit original post!

Se há vantagem que um computador ainda tem é a possibilidade de fazer upgrade ao seu hardware. Isto aplica-se não só a computadores de secretária mas também a portáteis, embora essa seja uma possibilidade cada vez mais restrita, mas ainda assim continua a ser possível trocar de disco rígido.

Um upgrade é, geralmente, motivado por alguma lentidão no desempenho do computador e há várias vertentes que podem ser melhoradas. Se ainda tiver um disco mecânico, então esse é o primeiro ponto a melhorar.

Motherboard, processador, memória, placa gráfica e disco rígido constituem o hardware base que pode ser atualizado periodicamente num computador, evitando que fique obsoleto. Se ainda tem o sistema operativo a correr num disco mecânico, então está mais que na altura de fazer valer as vantagens de uma Drive SSD: tempos de acesso muito baixos e grandes velocidades de leitura e escrita.

É claro que num computador portátil tem muitas mais restrições, onde geralmente pode apenas mudar (ou adicionar) memória RAM, trocar de disco e de placa de rede.

Uma Drive SSD está atualmente a um preço muito interessante face aos discos mecânicos típicos, embora o preço por Gigabyte continue a ser mais elevado. A opção ideal continua a ser a utilização da Drive SSD unicamente para o sistema operativo e aplicações mais pesadas, e o disco mecânico para armazenamento de dados. Dessa forma conseguirá arrancar o sistema em cerca de 15 segundos, abrir as aplicações quase instanteneamente e evitar assim todos os transtornos dos discos mecânicos.

 

KingDian, uma opção económica e robusta

Há muitas opções no mercado para Drives SSD e a KingDian é uma opção muito económica a ter em conta. Tem no seu portefólio diversos tipos de Drives, entre SSD e M.2, e também alguns acessórios.

Quanto às Drives KingDian, existem 3 gamas, S180, S400 e S280, onde a última é a mais rápida, conseguindo velocidades na ordem dos 560 MB/s em leitura e 380 MB/s em escrita.

A interface é SATA 3.1 (retrocompatível com SATA 1 e 2, suportam SMART, EEC BCH 66-bits / 1KB, têm uma retenção de dados de 10 anos e uma MTBF (tempo médio entre falhas) de 1 500 000 horas, algo como 171 anos.

A estrutura física das Drives SSD 2,5″ é em alumínio.

 

Não utiliza a Drive ótica que tem no portátil?

Se tem um computador portátil com uma drive ótica (o vulgo leitor/gravador de DVDs) e não a utiliza, então pode abdicar dela para utilizar uma HDD Caddy Bay, que não é mais que uma gaveta com um encaixe para o disco 2,5″.

Dessa forma poderá colocar a Drive SSD no local principal do disco rígido no computador e passar o disco mecânico para a Caddy Bay, ficando assim com 2 discos e um desempenho bastante melhorado em todo o computador.

As Drives SSD KingDian estão disponíveis nos tamanhos de 60, 120, 240 e 480 GB, com preços entre os 30 e os 131€.

KingDian 120GB

KingDian 240GB

KingDian 480GB


27
May 17

Ataque “Cloak and Dagger” deixa Android vulnerável

From Aberto até de Madrugada May 26, 2017 at 05:10AM

Click here to visit original post!

Investigadores demonstraram um novo ataque que se aproveita do facto do Android ainda permitir que as apps instaladas via Play Store tenham automaticamente acesso a escrever sobre o ecrã, para poderem controlar o smartphone e roubar dados sem que o utilizador se aperceba disso.

Este ataque Cloak and Dagger ("capa e espada") recorre às permissões SYSTEM ALERT WINDOW (que permitem desenhar sobre o ecrã) e BIND ACCESSIBILITY SERVICE, que usa as funções de acessibilidade para interceptar acções feitas no dispositivo. A primeira permissão é a mais problemática, pois é a que é dada automaticamente sem que seja perguntado ao utilizador, a apps que sejam instaladas da Play Store – sendo que a segunda, terá que ser dada pelo utilizador, cabendo à app apresentar um motivo suficientemente convincente para que seja aprovada, ou enganando-o, usando a funcionalidade anterior que permite à app ter controlo total sobre o que aparece no ecrã.

Esta técnica permite até que a app maliciosa consiga desbloquear um smartphone e simular a interacção com outras apps, mantendo o ecrã desligado; dificultando o processo de saber que algo de errado se passa.

O próximo Android O deverá resolver esta questão proibindo as apps de desenharem sobre elementos do sistema, mas até lá ninguém está livre de apanhar uma destas apps. Sendo que convirá verificarem que apps têm acesso a estas permissões:

  • Android 7.1.2:
    • "draw on top" permission: Settings → Apps → "Gear symbol" (top-right) → Special access → Draw over other apps.
    • a11y: Settings → Accessibility → Services: check which apps require a11y.
  • Android 6.0.1:
    • "draw on top" permission: Settings → Apps → "Gear symbol" (top-right) → Draw over other apps.
    • a11y: Settings → Accessibility → Services: check which apps require a11y.
  • Android 5.1.1:
    • "draw on top" permission: Settings → Apps → click on individual app and look for "draw over other apps"
    • a11y: Settings → Accessibility → Services: check which apps require a11y.

… Esta opção da Google não querer "incomodar" os utilizadores perguntando-lhes pela permissão de desenhar sobre o ecrã para apps da Play Store (que afectaria apps como o Facebook/Messenger com os seus chat heads) ainda lhes vai sair caro….


20
May 17

Telegram 4.0 released, bringing several major additions

From Neowin.net May 19, 2017 at 12:20PM

Click here to visit original post!

A major release of Telegram has been released. In version 4.0 of Telegram, bot vendors can integrate payments, all sites can use Instant View, and users can send video messages to others. Read more…


30
Apr 17

7º Raid BTT Lagoas De Mira

From BTT Lobo December 4, 2014 at 11:18AM

Click here to visit original post!

Está aí a 7ª edição do Raid BTT Lagoas de Mira, um dos eventos de referência no início do ano. Após o sucesso da edição anterior (654 participantes efectivos), a organização da prova volta a conferir um cariz humanitário ao evento, fazendo uma parceria com a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Mira, com uma parte do valor apurado a reverter para esta corporação de bombeiros.

A prova deste ano tem já garantida a presença de alguns atletas de referência,que se deslocam a Mira para testar a sua condição física em preparação para a época de competição, e é apadrinhada por Alfredo Ameal (o General da consagradíssima Maratona MK-MAKINAS).

O Evento é conhecido pelas ofertas aos participantes e pelos Rojões com grelos, prato tradicional do almoço confeccionado pela Confraria dos Nabos e Companhia.

Existem duas distâncias, o Raid 35 e o Raid 55, aptos para praticantes de todos os níveis de preparação.

Os diversos single-tracks, alguns já conhecidos e outros criados de raiz para esta edição, farão as delícias dos participantes.

Trilhos como os do “Poço da Fábrica”, “trilho da Rata”, “trilho da Telha”, “Fonte do Descanso”, que entram novamente no percurso deste Raid, e os novos “trilho das Corredias”,“trilho da pista” este que serve de porta de entrada para a zona espectáculo instalada na pista do Carvalho (crossódromo), entre outras surpresas, são alguns dos trilhos que vais encontrar.

Inscrições e mais informações em http://go.manso.eu/2qmIgB9 ou no facebookhttp://go.manso.eu/2qmLhSf


30
Apr 17

Adeus Windows Vista! A partir de hoje acabou-se o suporte

From Peopleware April 11, 2017 at 03:27PM

Click here to visit original post!

Foi há mais de 10 anos que a Microsoft lançou o Windows Vista! Este sistema marcou negativamente a história do sistema operativo Windows mas nem tudo foi mau pois foi com o Windows Vista que apareceu a barra universal de pesquisa no Menu Iniciar. Além disso com o Windows Vista foram introduzidas melhorias de segurança significativas no sistema.

A partir de hoje este sistema não terá mais atualizações nem suporte por parte da Microsoft.

Tal como já aconteceu com o velhinho Windows XP, o Windows Vista deixará de ter acesso a novas atualizações e perderá também o suporte por parte da Microsoft. Segundo dados da statcounter, atualmente o Windows Vista tem uma quota de 1,2%, sendo o ranking liderado pelo Windows 7.

O Windows Vista foi lançado em 2007 e pretendia ser algo completamente inovador no mercado dos sistemas operativos, tendo como missão ser melhor que o sempre aclamado Windows XP. A verdade é que o Windows Vista nunca vingou muito por culpa dos problemas do próprio sistema.

A Microsoft recomenda a todos os que ainda usam este sistema operativo que atualizem as suas máquinas o mais rapidamente possível.