PowertTrekk carrega os smartphones com água

From tek April 20, 2013 at 10:30AM

Click here to visit original post!

O PowerTrekk é um equipamento que funciona como um suplemento de energia extra para os dispositivos móveis. O gadget é composto por uma bateria principal e por uma segunda componente que consegue gerar energia a partir de água oriunda de uma garrafa, de uma torneira ou até de uma poça.

O segundo compartimento é composto por um Pukk, um disco que contém silicato de sódio, uma substância que reage ao contacto com a água, que é introduzida num pequeno reservatório do lado oposto ao disco. A reação entre as duas partes gera gás de hidrogénio puro que em contacto com o oxigénio volta a gerar água, mas entretanto liberta energia que é transferida para a bateria da parte superior. Um minuto após a introdução da água o smartphones começa a ser recarregado.

PowerTrekk

PowerTrekk

Esta bateria, que pode ser previamente carregada em casa e só necessita do esquema da água quando esgota a carga “caseira”, transfere depois a energia através de uma saída USB para os telemóveis. Um pouco de água é suficiente para encher a bateria de um telemóvel de média gama.

O PowerTrekk foi desenvolvido a pensar em dois tipos de situação: para os aventureiros que gostam de explorar a natureza e ficam durante um longo período do tempo longe das tomadas elétricas e para os utilizadores de dispositivos móveis em países em vias de desenvolvimento onde o fornecimento energético é em alguns casos escasso.

PowerTrekk

PowerTrekk

Em contrapartida, é necessário trocar de Pukk regularmente para que os componentes químicos sejam renovados e como se trata de um fenómeno de natureza molecular é necessário que o equipamento esteja sempre ventilado – quando o processo da água está em execução não convém que o PowerTrekk esteja dentro da mochila por exemplo.

Com um pesso de 33 gramas e um comprimento de 127 milímetros torna-se um dispositivo transportável. O preço é que pode ser não tão convidativo: cerca de 200 euros.

A tecnologia e o equipamento foi desenvolvido no KTH Royal Institute of Technology em Estocolmo, Suécia.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *